sábado, 27 de maio de 2017

Bolo gelado de cheesecake e morango

bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango

Com os dias quentes sabe tão bem uma fatia de gelado caseiro.
Sabe melhor ainda se esse gelado for fácil de fazer.
Cheesecake e morango uma combinação que agrada a todos.
A receita dos gelados e a ideia do bolo gelado foram adaptadas do livro da Linda Lomelino, Gelados Caseiros.
Depois do gelado feito dei-lhe "um banho" de gelatina, inspirada neste video, que ando há muito tempo para experimentar fazer, mas até hoje ainda não saiu.
Tenham um doce e feliz fim de semana.

Ingredientes

Gelado de cheesecake (rendeu + de 500g)
130 g de queijo mascarpone
70 g de queijo creme
110 g de açúcar
110 ml de leite
110 ml de natas para bater



Gelado de morango (rendeu + de 400g)
130 g de morangos
1 colher- sobremesa- de sumo de limão acabado de espremer
190 g de leite condensado
90 g de natas para bater

Pudim de gelatina
1 saqueta de gelatina de morango sem açúcar
150 ml de leite a ferver
200 ml de leite gelado

Prepare a forma que vai usar. Usei uma de silicone para ser mais fácil desenformar.

Bata com uma vara de arames o queijo com o açúcar até ficar cremoso. Junte o leite e as natas e bata mais um pouco até estar tudo bem ligado. Tape a mistura e leve ao frigorífico para gelar bem.
Depois de bem gelado coloque na máquina de gelados durante 20 minutos ou até achar necessário.
Deite no fundo da forma, espalhe de maneira uniforme, alise e leve tapado com película aderente ao congelador 3 horas.

Para o gelado de morango
Lave, arranje e seque  os morangos.
Coloque-os numa taça ou num processador de alimentos, junte o sumo de limão e reduza-os a puré com a varinha ou no processador. Junte o leite condensado, misture bem, acrescente as natas e volte a misturar. Leve a mistura tapada ao frigorífico para arrefecer.
Coloque a mistura na máquina de gelados 20 minutos.
Distribua uniformemente pela forma por cima do gelado de cheesecake. Leve tapado com película aderente ao congelador mais 3 horas.

Prepare o pudim de gelatina.
Ferva o leite, junte a saqueta de gelatina ao leite fervido. Misture bem até o pó se dissolver. Junte o leite frio e deixe arrefecer completamente. Mexa de vez em quando para que a mistura não solidifique.


Para desenformar o gelado, se usar uma forma de silicone tente soltar o gelado dos lados e do meio da forma e desenforme para um prato. Se usar uma forma de metal mergulhe o fundo da forma em água morna isso vai ajudar a desenformar.
Lave e seque a forma. Volte a colocar o bolo gelado dentro da forma. Com cuidado vá deitando o pudim de gelatina a toda a volta e no meio da forma. Leve cerca de 2 horas ao congelador.
Depois desse tempo desenforme para o prato de servir, guarde no congelador envolto em película aderente.
Na hora de servir retire do congelador cerca de 15 minutos antes, decore a gosto e sirva.


Se não tiver máquinas de gelados, nada o/a impede de fazer o bolo gelado.
Depois da mistura bem gelada, leve tapada ao congelador durante as mesmas 3 horas. A cada meia hora bata a mistura com um garfo para quebrar os cristais de gelo que se possam ter criado.  


bolo gelado de cheesecake e morango


Notas: Pode fazer o gelado de cheesecake só com queijo creme, usei o mascarpone porque precisava de acabar uma embalagem que tinha aberta.
Se não quiser fazer o "banho de gelatina" o gelado fica excelente na mesma. O pudim de gelatina só lhe dá mais cor, não acrescenta muito sabor.
Quando deitar a gelatina na forma, tente que fique um pouco abaixo da altura do bolo gelado, que não se  alastre para o topo do bolo. Se isso acontecer tente removê-la porque depois de ir ao congelador a gelatina que congelou por cima do bolo fica com uma textura de plástico, nada agradável.
Quer um bolo gelado mais fácil ainda?????
Compre um litro de gelado da sua preferência, retire-o do congelador, passe-o para o frigorífico e passado uns 10 minutos bata bem esse gelado. Coloque-o numa forma, leve ao congelador três horas.
Mergulhe a forma em água morna, desenforme para o prato de servir e encante quem estiver ao seu lado.



bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango


bolo gelado de cheesecake e morango

terça-feira, 16 de maio de 2017

3 anos de blog com queijadas de Sintra

queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra

Hoje o blog faz 3 anos.
3 anos de partilha e aprendizagem.
3 anos em que chegaram até mim pessoas que me preenchem a vida como eu nunca imaginei.
3 anos de pura gratidão. Para cada um/uma que passa por aqui ou que chega ao facebook;
muito, muito Obrigada por fazerem deste simples espaço o que ele é hoje.
Para assinalar este dia quis trazer um doce cheio de sabor e bem tradicional. Queijadas de Sintra. Quem me conhece sabe que Sintra para mim é um paraíso. É onde me esqueço de tudo, é onde nada mais existe a não ser aquela vila mágica e encantada.
Fiz várias pesquisas tanto na net como em livros e esta receita é das mais bem guardadas que existem.
Concordo! Afinal saborear a verdadeira queijada numa esplanada em Sintra dá-nos um prazer enorme e assim continua envolta em segredo e mistério.
A receita foi tirada daqui. Só quando estava a fazer vi que a receita tem uma falha. Não diz quando se junta a farinha. Juntei no fim.
O sabor é fantástico. Mas para queijadas de Sintra há uma distância entre duas vilas, Óbidos e Sintra.


Ingredientes (15 queijadas)

Massa
350 g de farinha de trigo sem fermento
1 pitada de sal fino
75 g e manteiga fria
1 ovo
120 ml de água

Farinha para polvilhar


Recheio
4 queijos frescos (pequenos)
160 g de açúcar
1 pitada de sal fino
1 colher -café- de canela em pó
raspa de 1/2 limão
80 g de manteiga derretida
8 gemas
15 g de farinha de trigo sem fermento

Passe as formas por água e deixe escorrer um pouco.

Para a massa coloque a farinha numa taça, misture o sal, junte a manteiga cortada em pedaços pequenos e trabalhe com a ponta dos dedos até obter migalhas. Junte o ovo, continue a trabalhar a massa. Vá juntando a água a pouco e pouco e continue a amassar até conseguir formar uma bola e a massa não se colar aos dedos. (É possível que não precise de toda a água. Gastei cerca de 110 ml)

Com o rolo estenda a massa bem fina numa superfície polvilhada com farinha.  
Com um cortador de massa ou um copo corte círculos de massa e forre as formas molhadas espalhando bem a massa de maneira que fique bem esticada, tendo o cuidado de não a romper.
Coloque as formas no tabuleiro que vai levar ao forno. Reserve.

Pré aqueça o forno a 190º.

Prepare o recheio.
Derreta a manteiga para que arrefeça.
Bata as gemas e coloque-as num passador de rede com uma tigela por baixo e deixe escorrer.
Coloque os queijos numa tigela e desfaça-os com um garfo. Junte o açúcar, a canela, o sal e a raspa de limão. Misture tudo muito bem com a colher de pau ou vara de arames.
Junte as gemas e a manteiga derretida. Volte a misturar tudo muito bem.
Por fim adicione a farinha, envolvendo-a bem no creme.
Distribua o creme pelas formas, sem as encher completamente e leve ao forno a cozer 40 a 45 minutos, ou até achar que as queijadas e a massa estão douradas.
Retire do forno, deixe arrefecer um pouco.
Para ajudar a desenformar passe a ponta de uma faca a toda a volta das queijadas.
Sirva normas ou frias.
Delicie-se e arranque sorrisos a quem estiver ao seu lado.

queijadas de sintra
  

Notas: Penso que a quantidade de farinha para a massa não está correcta. Sobrou-me bastante massa que congelei e da próxima vez é só fazer o recheio. Aconselho a fazerem apenas com 250 g de farinha e irem juntando a água a pouco e pouco.
A quantidade da receita diz que rende 12 unidades, as minhas formas são pequenas por isso rendeu mais.

queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra


queijadas de sintra